A falta d’água preocupa os vereadores

Quando o projeto de lei que autoriza o município a fazer a licitação para conceder a operação dos serviços de água e esgoto chegar à Câmara Municipal de Santa Cruz das Palmeiras para exame e aprovação ele deverá sem bem recebido pelos vereadores. É o que acredita o presidente Adriano Martins que, por ser nascido e criado na cidade, sabe que o problema enfrentado pela população com a falta d’água é antigo. “Vem desde sempre e toda eleição tem gente que se elege dizendo que vai solucionar o problema, o que não acontece”, diz o vereador Adriano. “Está claro que a situação é grave e que o município não tem condições de bancar o investimento necessário com recursos próprios.”
Para o presidente da Câmara está claro que a concessão dos serviços para a iniciativa privada é o caminho para Santa Cruz das Palmeiras: “Essa ideia está tomando corpo e os que divergem é por medo da tarifa ficar pesada para o bolso do munícipe,” explica Adriano. Por isso ele acha que, quanto mais transparente for o processo de concessão, mostrando para as pessoas que não se trata de privatização ou terceirização, mais adesão haverá.
“Quando todos os moradores tiveram água de qualidade na torneira e 100% dos seus esgotos tratados, Santa Cruz vai mudar a sua história”, diz Adriano. “A atual gestão do executivo preza muito o meio ambiente e tem mostrado isso na prática. Tanto que ao aderir ao Programa Verde e Azul, do governo do Estado de São Paulo, a cidade pulou do 517º para o 46º lugar no ranking dos municípios que tem trabalhado pela preservação do meio ambiente”.
Por isso, o vereador acredita que quando o projeto de lei chegar à Câmara ele deverá ser aprovado sem problemas.