meio ambienteSanta Cruz da Palmeiras

População volta a sofrer com o racionamento de água

Com a falta de chuva até agora, é possível concluir que se trata da situação mais grave da história.

Pode ser que seja o mesmo título de todos os anos, mas não é a mesma matéria e sim o mesmo problema de todos os anos, que começa mais tarde, mas este ano o fantasma tenebroso da falta de água volta a assombrar os moradores de Santa Cruz das Palmeiras, e, agora, com uma dimensão nunca antes vista, porque ainda estamos no mês de janeiro, o mais chuvoso de todos os meses, mas que desta vez não aconteceu o mesmo de anos anteriores.

Com a falta de chuva até agora, é possível concluir que se trata da situação mais grave da história. Por isso, a prefeitura anunciou esta semana várias medidas para conter o desperdício, entre elas a de que limpeza de casas, garagens, entre outros utensílios essenciais deve ser feita somente aos sábados, com moderação, quando estritamente necessário, sob pena de aplicação de multa. O abastecimento de água será interrompido aos domingos, segundas, quartas e sextas-feiras, das 7 às 16 horas.

O anúncio chega no momento em que a população ainda tem bem viva na memória a escassez dos últimos anos, que levou ao fechamento de torneiras em todos os setores de cidade, durante o racionamento.

Na avaliação do prefeito Zé da Farmácia, só a chuva não será solução. “Precisamos aumentar a capacidade de armazenamento de água, mas todo isso precisa de grandes investimentos, dinheiro que a prefeitura não tem  nem consegue com o governo do estado. É preciso planejamento e é isso que estamos fazendo, mas é difícil porque se esbarra na falta de dinheiro, por causa das dívidas que estão sendo quitadas pela administração”, disse.

Ainda segundo o prefeito, a população também tem que participar. “O que pedimos é que todos usem água com consciência. A água não é infinita e não pode ser usada de maneira desastrosa”, disse.

Tags
Show More

Máterias relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker