Saúde

Demanda da Saúde Mental cresceu

Essa é a opinião da vereadora Giovana Marangon, que fez requerimento ao prefeito, pedindo mais atenção para o local.

A propositura, subscrita pelos vereadores Jaime Piran e Fabiano Pavani, diz o seguinte:

“Considerando que a demanda da Saúde Mental cresceu nos últimos anos, atendendo desde crianças e adolescentes até idosos, em oficinas terapêuticas, psicoterapia, atendimento médico psiquiatra, dentre outras atividades;

Considerando que estas atividades demandam espaços e salas para que possam atender de forma eficiente a esses pacientes;

Considerando ainda que, em alguns casos, precisamos de suporte de uma equipe de CAPS para atender estes pacientes, o qual nosso munícipio não conta, tendo que mandar os pacientes para outros munícipios, podendo não ter vagas para comportá-los,

Diante do exposto acima, requeremos ao Sr. Prefeito Municipal, para que informe o que segue:

Há a possibilidade de mudar as dependências da Saúde Mental para o prédio da Assistência Social, antigo prédio de corte e costura municipal situado à Rua Dr. Alcebíades n° 605?

Caso não possa ser atendido o requisito anterior, quando a Cozinha Piloto irá desocupar o terreno ao lado da Saúde Mental? Quando isso ocorrer há a possibilidade de aumentar as dependências da Saúde Mental?

Há alguma posição sobre os incentivos financeiros para criação de um CAPS 1? Qual a previsão para implantá-lo?”

A justificativa é esta: “A indicação de transformar o ambulatório de Saúde Mental em um CAPS 1 já foi feita por estes vereadores, mediante o agravo da situação e aumento da demanda é de grande valia que seja aceita pelo Executivo.”

COMEN

Em outro requerimento,  Giovana e os vereadores acima citados pedem providências sobre o COMEN:

“Considerando que o Conselho Municipal de Entorpecentes (COMEN) foi instituído pela Lei n° 1.076 em 1992 e que está vigente até hoje e que cabe ao Sr. Prefeito Municipal nomear seus membros;

Considerando ainda que este Conselho é de grande valia para o nosso município, uma vez que entre seus objetivos estão o desenvolvimento de programas de prevenção ao uso e ao tráfico de drogas e conta com representantes das diversas classes profissionais do nosso munícipio,

Diante do exposto acima, requeremos ao Sr. Prefeito para que informe o que segue:

Quando foi a última vez que foram nomeados os membros para compor o COMEN? Há algum controle por parte do Executivo quanto às reuniões e atas?

O Conselho está ativo? Se sim, quantas pessoas foram atendidas no exercício de 2017? Caso não esteja, qual a razão?” .

Na justificativa, é dito o seguinte: “Para conhecimento destes vereadores e para prestar esclarecimentos aos munícipes que nos procuraram”.

Show More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Não Copie!
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker