Polícia Militar de Santa Cruz das Palmeiras realiza Audiência Pública

Na última segunda-feira, dia 5, na sede da Associação Comercial e Empresarial (ACE) de Santa Cruz das Palmeiras, com a presença de autoridades policiais militares, munícipes e imprensa, realizou-se mais uma Audiência Pública promovida pelo Pelotão de Polícia Militar, da 2ª Companhia, do 24º Batalhão de Polícia Militar do Interior, o qual esta sob o comando do Subtenente Luís Antonio de Araújo.
O Comandante Araújo, cumprindo o protocolo, solicitou autorização do Comandante da 2ª Companhia, Capitão Osmar Luiz Giacon Santa Rosa, para dar início aos trabalhos. Em seguida, deu as boas-vindas e agradeceu a presença de todos os presentes.
Primeiramente, o Subtenente Araújo apresentou-se a todos, esclarecendo que assumiu o comando do Pelotão PM em junho deste ano e que o 1º Sargento Luís Fernando Garcia Pozzer foi movimentado para a cidade de Casa Branca. Que está feliz por retornar a Santa Cruz das Palmeiras, pois já trabalhou aqui, salientando que se esforçará para desempenhar um bom trabalho, pois esta cidade é hospitaleira e se sente à vontade para exercer seu trabalho. “Por essa razão, me coloco à disposição para questionamentos, tanto da apresentação que será feita como outros assuntos relacionados à segurança pública e à salubridade pública”.
Em seguida, foi feita a apresentação de slides, demonstrando os índices criminais, como, por exemplo, quantidade de pessoas presas em flagrante delito, quantidade de furtos e roubos ocorridos, drogas e armas apreendidas, bem como alguns dados significativos, como a quantidade das pessoas presas em flagrante no 2º trimestre do ano de 2019.
O Subtenente Araújo salientou, ainda, que, infelizmente, houve um aumento significativo de ocorrências de roubos no último mês, o que é anormal e esporádico, mas que o autor desses crimes foi identificado pela Polícia Militar e conduzido à Delegacia de Polícia, sendo que na sexta-feira passada foi expedido, pelo Poder Judiciário, Mandado de Prisão Temporária, mas o infrator da lei se encontra foragido deste município. Que, em face disso, acredita que haverá uma diminuição substancial nesse tipo de delito.
Reforça que a Polícia Militar está atenta e vigilante e que operações policiais-militares serão desencadeadas visando o combate aos ilícitos penais, assim como para garantir a manutenção da ordem pública, a paz e a tranquilidade dos cidadãos palmeirenses.
Esclareceu também que a Polícia Militar está preocupada com o bem-estar da população palmeirense e ansiosa em poder prestar um bom serviço à comunidade, mas que para isso é necessário que a população ajude a polícia, fornecendo informações sobre pessoas estranhas que rondam as vizinhanças; qualquer informação, por mais simples que pareça, é de suma importância para a polícia poder realizar um bom trabalho de prevenção; um veículo estranho, pessoas estranhas rondando o bairro; essas informações são preciosas para a polícia militar. Portanto, solicitou que quando ocorrer esses tipos de fatos que as pessoas avisem por meio do telefone de emergência “190” e não há necessidade de se identificar, podendo ser feito anonimamente.
O Comandante da 2ª Cia, capitão Osmar, após se apresentar, agradeceu a presença de todos e disse que a Polícia Militar diariamente monitora os índices criminais do município e quando há o registro de ocorrências, como as de roubo, desperta a preocupação da Corporação em dar uma “pronta resposta” e em adotar procedimentos para combater essa incidência criminosa. Por isso, são realizadas operações policiais-militares, visando à diminuição desses delitos. Falou aos presentes sobre o objetivo da audiência pública, explicando ainda a diferença entre os crimes de furto e roubo.
Findo os trabalhos, o Subtenente Araujo agradeceu a presença e a participação de todos, colocando a Polícia Militar à disposição da população palmeirense e aproveitou para fazer um convite a todos no sentido de que na próxima audiência pública os presentes possam trazer um amigo para participar e somar esforços.