Polícia Militar realiza Audiência Pública para prestação de contas

Realizou-se na Associação Comercial de Santa Cruz das Palmeiras, na última terça-feira (21/01), Audiência Pública para prestação de contas da Polícia Militar. O encontro foi dirigido pelo subtenente Luís Antonio de Araújo, comandante do Pelotão da 2ª Companhia, contando com a participação do comandante do 24º BPM, major Alexandre Luís Bergamasco Pedro. Dados de segurança pública, ações e projetos preventivos foram apresentados aos demais presentes.
O comandante Araújo discorreu sobre os objetivos das Audiências Públicas. Em seguida, foi feita a apresentação de slides, demonstrando os números das ações realizadas no município. Foiram apresentados também os índices criminais e os dados relativos à produtividade da OPM.
Explicou que, infelizmente, no mês de dezembro ocorreram dois homicídios, sendo que um dos autores foi preso em flagrante em operação conjunta da Polícia Militar e Polícia Civil, e o outro se encontra foragido, provavelmente em outra unidade federativa.
Salientou também que em janeiro de 2019, houve um pico de ocorrências de furto, sendo registrados 38 casos, mas que neste mês de janeiro de 2020 ocorreram apenas dez furtos até a presente data e que uma pessoa, suspeita de estar praticando estes delitos, acabou sendo presa. Disse que a Polícia Militar está atenta e vigilante e que constantemente são realizadas operações policiais-militares visando o combate aos ilícitos e garantir a paz e a tranquilidade dos cidadãos palmeirenses.
Ressaltou que no último sábado, dia 18, a Polícia Militar desencadeou, com o apoio da Guarda Municipal, Conselho Tutelar, Setran e de uma equipe de fiscais de postura do município, operação específica para prevenir a realização de Baile Funk, que aconteceria no distrito industrial e que trazia certa preocupação quanto à segurança, haja vista que o local não possui nenhuma infraestrutura para a realização de tal evento, até porque não há nenhum tipo de edificação e não possui nenhuma documentação autorizando a realização do evento.
Há, ainda, a preocupação de que tal evento tome uma proporção que possa trazer sérios problemas de segurança aos munícipes, tais como tráfico de drogas, consumo de bebida alcoólica por menores, prostituição, entre outros.
Esclareceu que a polícia militar está preocupada com o bem-estar da população palmeirense e ansiosa em poder prestar um bom serviço à comunidade, mas que para isso é necessário que a população ajude a polícia militar, fornecendo informações sobre pessoas estranhas que rondam as vizinhanças; qualquer informação, por mais simples que pareça, é de suma importância para a polícia militar realizar um bom trabalho de prevenção.
O vereador Piran comentou que há informações de que estaria ocorrendo tráfico de drogas no Parque Varoti. Araújo disse que está ciente desse fato e que constantemente as equipes policiais-militares têm feito o patrulhamento naquela localidade, não só para combater o tráfico de drogas, mas também para prevenir o furto em residência, mas que passará essas informações às equipes.
Piran comentou ainda sobre a situação da Praça da Matriz, onde os jovens têm feito baderna e muito barulho, causando incomodo aos moradores.
O subtenente comentou que a Polícia Militar tem realizado ações constantemente no local visando coibir a perturbação do sossego; que já solicitou à Prefeitura Municipal algumas providências para que se possa evitar as tais badernas.
O vereador Sergio Bento também comentou sobre os problemas na Praça da Matriz. O ex-vice-prefeito Francisco Bueno disse que vem ocorrendo furtos de madrugada na área central da cidade.
O subtenente informou que faz o policiamento ostensivo em todo o município e que tais furtos estavam sendo realizados por uma pessoa que já foi identificada e tomadas as medidas cabíveis.
Vários outros assuntos foram comentados, como a Atividade Delegada, que deverá voltar em breve: veículos fazendo “racha” na Avenida Brasil, no Bairro Varoti; bicicletas motorizadas, entre outros.
Finalizando, o major Alexandre respondeu às perguntas sobre os assuntos relatados, afirmando que a preocupação da Polícia Militar é sempre com a paz e manutenção da ordem pública em todo o Estado de São Paulo e, em especial, do comando local com o município de Santa Cruz das Palmeiras, colocando-se à inteira disposição de todos.