Projeto “Salada na Mesa”, da Cooperativa de reciclagem, supera as expectativas

Inaugurado há pouco menos de dois meses, o Projeto “Salada na Mesa”, Cooperativa dos Catadores de Materiais Reciclados, de Santa Cruz das Palmeiras, onde a população leva sua reciclagem e troca por frutas, verduras, ou legumes, superaram as expectativas.
Segundo a idealizadora Rose Zampar, que teve o apoio da Prefeitura Municipal, o programa está sendo um sucesso. “Todas as sextas-feiras estamos aqui com a nossa equipe para receber os produtos de reciclagem e trocar por verduras e legumes de nossas hortas, que são bem cuidadas com alimentos sem agrotóxico. Nesse dia estamos recebendo uma média de aproximadamente quinhentos quilos. Em menos de dois meses já podemos colaborar com a população e com o meio ambiente, retirando todo esse material que seria jogado no aterro sanitário, ou ficado jogado na Rua. A população aderiu à nossa ideia e está dando certo”, disse Rose.
Na próxima quarta-feira, dia 21, a iniciativa completa um mês e já está sendo modelo para outras cidades, com dirigentes vindo procurar saber como funciona.
A Cooperativa, que recebe os reciclados que já são conhecidos, como papel, papelão, lata, plásticos de todos os tipos, agora também está realizando a coleta de isopor em nossa cidade.
O processo de reciclagem do isopor pode ser realizado de várias formas, dessas se destacam três: mecânica, química e energética, sendo a mecânica mais conhecida e utilizada e consiste no processo de retirada do gás, reduzindo o material a flocos, passando por derretimento e granulação, voltando a ser matéria-prima, que poderá ser usada na fabricação de diversos produtos, como deck de piscina, rodapés, vasos e molduras, solados de calçados, blocos para construção civil, entre outros.
A reciclagem desse material contribui de forma sustentável não contaminando o ar, solo, água, sem riscos à saúde e ao meio ambiente, além de contribuir na redução da exploração de recursos naturais.
Mas atenção! Para poder ser reciclado, o isopor deve estar limpo e conservado em local seco e coberto. Sendo assim, se for destinar isopor para coleta seletiva certifique-se de deixá-lo limpo, caso contrário não é possível sua reciclagem.